Paróquia de Nossa Senhora da Expectação do Vale de Santarém










Descrição da Igreja Paroquial, tal como consta do IGESPAR

(...) Descrição
Planta longitudinal, composta pela justaposição da nave e da capela-mor, a que se adossa a torre sineira a N. e a sacristia a S.. Volumes escalonados com coberturas diferenciadas em telhado de 2 águas, um sobre a nave, outro sobre a capela-mor, de 1 água sobre a sacristia e capela baptismal, em coruchéu de 4 águas sobre a torre sineira. Fachada principal virada a poente, com cimalha de perfil contracurvado e cruz ao centro, ladeada por cunhais apilastrados e rasgada por portal e janela em posição axial. O portal com molduras lisas enquadrando o vão rectangular, mostra um entablamento decorado de relevos geométricos e um frontão elaborado com volutas laterais, rematado por concha, enquadrado por acrotérios com fogaréus; urna cartela inscrita no tímpano mostra a data de 1598. A janela é emoldurada e apresenta vão rectangular. A torre sineira, do lado direito da fachada, com cunhais em cantaria encimados por pináculos, é rasgada per ventanas de arcos semicirculares. No alçado S. rasga-se a porta lateral, encimada por janela, ambas de vão rectangular, com molduras lisas; o volume da sacristia adossa-se ao alçado da capela-mor. Na fachada N. rasgam-se 2 janelas idênticas, uma na capela-mor, outra na nave.
No INTERIOR a nave única é coberta por tecto de 3 planos em madeira. Sobre a porta principal, protegida por guarda-vento em madeira, o coro alto, de perfil contracurvado e balaustrada de madeira, assenta em colunas toscanas. No alçado lateral S. a base do púlpito em cantaria serve de peanha à imagem de vulto da padroeira. Contígua à torre a antiga capela baptismal, com acesso por porta de arco rebaixado. Nos alçados laterais da nave, junto à capela-mor, 2 altares em cantaria lavrada, inscritos no paramento, centrados por arcos semicirculares, com pilastras compósitas e entablamento rectilíneo. A capela do lado do Evangelho tem pilastras sulcadas por estrias e florões nas enjuntas; a capela do lado da Epístola mostra brutescos relevados nas bases e nos fustes das pilastras e bustos nas enjuntas do arco; sobre a mesa deste altar 2 nichos sobrepostos, igualmente em cantaria, o superior com frontão triangular; no nicho inferior as imagens em madeira estofada de São José com o Menino pela mão, no superior a imagem em cantaria da Virgem com o Menino ao colo. Dos lados do arco triunfal rasgam-se nichos com as imagens recentes de Nossa Senhora de Fátima e de Nossa Senhora da Conceição. Um arco triunfal semicircular sobre pilares dá acesso à capela-mor, coberta por tecto abobadado em berço redondo, com medalhão central pintado com o cordeiro místico e uma custódia. No altar-mor um retábulo em madeira, branco e dourado, de finais do séc. 18, rasgado por tribuna com a imagem do crucificado, ladeado por peanhas com as imagens de São João Baptista e São Sebastião. Nas paredes da capela-mor um silhar de azulejos de aresta com padrão hispano-mourisco.
(...)
Cronologia
1598 - data de construção da igreja, aposta na cartela do tímpano do portal; os retábulos em cantaria dos altares da nave datarão desta mesma época; séc. XVIII, último terço - colocação do retábulo do altar-mar; 1712 - a igreja encontrava-se na dependência da freguesia de Marvila; séc. XIX - criação da freguesia do Vale de Santarém, passando a igreja a sede da paróquia.
Tipologia
Arquitectura religiosa, maneirista. igreja paroquial com fachada de empena contracurvada com torre sineira adossada, nave única com tecto em madeira e capela-mor abobadada. Espacialidade postridentina, portal e altares em cantaria utilizando linguagem estrutural e decorativa clássica.
Características Particulares
A igreja incorpora azulejos hispano-mouriscos, de aresta, de inícios do século XVI, encontrados por baixo do pavimento da capela-mor (Barata, 1992).
Dados Técnicos
Paredes autoportantes Materiais Estrutura em alvenaria de pedra, rebocada e pintada a branco. Cantaria em molduras, portais e altares. Coberturas em telha cerâmica. Pavimento em tijoleira e cantaria. Tecto da nave em madeira.
Bibliografia
SEQUEIRA, Gustavo de Matos, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Santarém, Vol. III, Lisboa, 1949; ALMEIDA, José António Ferreira de (dir. de), Tesouros Artísticos de Portugal, Lisboa, 1976; MENDES, Octávio da Silva Paes, Santarém Monumental. Roteiro, Santarém, 1988; BARATA, Albertina Henriques, Noticias Históricas sobre o Concelho de Santarém, in Cadernos Culturais, no 3, Março de 1992; Dicionário Enciclopédico das Freguesias, vol. II, Matosinhos, 1997.
Observações
1: Numa das paredes da capela-mor foram encontradas moedas dos reis da 1ª e 2ª dinastias (Barata: 1992).



Free Web Hosting